O movimento realizado pela Reserva Federal no último mês de dezembro em relação à subida em seu tipo de juro de referência, foi longamente esperado e debatido entre analistas e operadores nos mercados de valores. Seus efeitos também o estão sendo agora, quando surgem críticos da medida, que antecipam novos movimentos, que responsabilizam a Fed pelo tumulto nos mercados no início deste ano (encontrando-se entre eles alguns que saudavam com beneplácito o fato de quando a Fed aumentou sua taxa de referência em dezembro, a reação do mercado ter sido positiva) e outras opiniões variadas.